Imunização: BRASIL DEVE RECEBER 8,2 MILHÕES DE DOSES DE VACINAS NESTA SEMANA

Cálculo inclui fármacos da CoronaVac, produzidos pelo Butantan, de Oxford, feitos na Fiocruz, e ainda outros importados da Pfizer.

O Ministério da Saúde vai receber 8,228 milhões de doses de vacinas nessa semana, segundo estimativa da pasta obtida pela reportagem da Record TV. Nesse número, estão incluídos fármacos da CoronaVac, fabricados pelo Instituto Butantan, de Oxford, feitos pela Fiocruz (Fundação Osvaldo Cruz), e uma leva de doses importadas da Pfizer vinda dos Estados Unidos. Até sexta-feira, serão 4,1 milhões de aplicações da CoronaVac, sendo que hoje já foram enviadas 2 milhões. Na quarta-feira, o Butantan deve enviar mais 1 milhão e, na sexta (14), mais 1,1 milhão de doses.

Governo vai receber 4,1 mi de doses da CoronaVac, 3,5 mi de Oxford e 628 mil da Pfizer

Governo vai receber 4,1 mi de doses da CoronaVac, 3,5 mi de Oxford e 628 mil da Pfizer. DOUGLAS MAGNO/AFP – 1º.05.2021

Na quarta-feira (12), está prevista a chegada de um lote de 628 mil aplicações da Pfizer, em um carregamento que vem dos Estados Unidos. Para completar, a Fiocruz deverá mandar, até sexta-feira, 3,5 milhões de doses do imunizante de Oxford, feito em parceria com a AstraZeneca. Nesta segunda-feira, 11, o Ministério da Saúde começou a enviar para os estados um lote de 1,1 milhão de doses da Pfizer.

BALANÇO OFICIAL

Desde janeiro, o Ministério da Saúde diz ter enviado aos estados cerca de 75,4 milhões de doses de imunizantes – incluindo os fármacos da Pfizer da segunda de manhã. Ainda segundo a pasta, nos últimos cinco dias, mais de 6,1 milhões de aplicações foram despachadas para o país.

Na quinta (6) e sexta-feira (7), 3,9 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, do consórcio Covax Facility, foram enviadas. De sexta a domingo, foi a vez do despacho de quase 1 milhão de doses da CoronaVac – todas elas destinadas para segunda dose. Ainda conforme o balanço oficia, até o último domingo (9), mais de 46,8 milhões de doses já foram aplicadas nos braços dos brasileiros.

(Da Redação com R7)

 

leave a reply