Economia: ESTES SÃO OS CARROS ELÉTRICOS ‘MENOS CAROS’ DO BRASIL

Enquanto a onda de veículos movidos por baterias vem dominando a Europa, mais opções estão chegando ao Brasil.

Com regras de emissões de poluentes cada vez mais restritas e algumas cidades já banindo o uso de carros à combustão, o veículo elétrico está começando a tomar conta do mercado europeu. No Brasil, essa realidade ainda está distante, mas a infraestrutura de carregamento já está começando a se formar. Além disso, cada vez mais carros movidos por baterias estão chegando ao nosso mercado.

Com isso, separamos aqui uma lista com os veículos elétricos 0 km mais baratos do Brasil atualmente, mostrando os dados mais relevantes para esse tipo de automóvel, como potência, autonomia e capacidade das baterias. Para isso, utilizamos os dados da consultoria JATO Dynamics do Brasil. Nos modelos com mais de uma versão, separamos a mais barata. Mas vale ressaltar que, hoje, o carro elétrico ainda não é nada barato. Na lista, aplicamos um limite de valor de, aproximadamente, R$ 300 mil.

CARRO ELÉTRICO: O QUE VOCÊ PRECISA SABER?

A maneira mais simples de entender um carro elétrico é tratá-lo como um veículo convencional, mas, em vez de abastecer com combustível, você “enche o tanque” com energia elétrica, só que o tanque é a bateria. Na maioria dos casos, as baterias usam células de íons de lítio, como nos celulares. Aí vale a mesma dica: usar o elétrico com a carga muito baixa ou sempre cheia, assim como carregar de forma muito rápida, pode desgastar prematuramente a bateria.

Um termo que é muito utilizado nos carros elétricos é kWh, ou kiloWatt/hora. Isso determina a capacidade de armazenamento de energia: quanto maior o número, mais eletricidade o carro pode comportar. Já o kW (kiloWatt) serve para mostrar a velocidade de carga de uma tomada. Mais uma vez, quanto maior o número, mais rápida é a carga. Assim, pode-se fazer uma conta aproximada de tempo de recarga dividindo-se a capacidade da bateria pela capacidade da tomada.

Por exemplo: um carro com bateria de 70 kWh carregado em uma tomada de 7 kW pode levar cerca de 10 horas para atingir uma carga completa. Para referência, uma tomada caseira de 110V costuma entregar 1,5 kW. Falando em tomadas, os carros elétricos exigem plugues com aterramento correto. Caso contrário, não fará a carga.

Os carros elétricos oferecem diversas vantagens em relação aos modelos à combustão. Uma delas é a manutenção simplificada, pois há apenas uma parte móvel no motor elétrico. Além disso, esse tipo de veículo é mais silencioso e entrega torque instantaneamente, ao contrário dos modelos de combustão interna, que precisam subir a rotação para entregar mais força. Por último, os elétricos atuais são sempre automáticos e o motorista comanda apenas se o motor fará o carro ir para frente ou para trás.

(Da Redação com CNN)

leave a reply