Foz do Iguaçu: MUNICÍPIO JÁ CONTABILIZA 939 ÓBITOS, E MAIS 110 NOVOS CASOS DE CORONAVÍRUS EM 24 HORAS

Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de manter o calendário vacinal em dia.

A prefeitura de Foz do Iguaçu divulgou nesta quarta-feira (09), o mais recente boletim dos números da pandemia no município. Segundo os dados informados, de terça-feira para ontem (08), ocorreram mais 3 óbitos em consequência da covid-19. As vítimas são 2 homens de 88 e 59 anos e 1 mulher de 56 anos. No total, são 939 mortes pela doença no município desde o início da pandemia.

Dos 110 novos casos, 56 são mulheres e 54 homens, com idades entre 2 meses e 84 anos. Entre eles, 104 estão em isolamento domiciliar e 6 internados. Do total de casos ativos, 435 pessoas estão em isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves e 193 pessoas estão internadas.

                                                                                                                                                                                            

VACINAS PROTEGEM CONTRA DOENÇAS E PROLONGAM VIDAS

Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância de manter o calendário vacinal em dia.

Foto: Christian Rizzi/PMFI.

Nesta quarta-feira (9 de junho) foi celebrado o Dia Mundial da Imunização, data criada para incentivar e conscientizar sobre a importância das vacinas. Esta prática é responsável direta pela elevação da expectativa dos brasileiros nas últimas sete décadas. No entanto, este crescimento acabou interrompido abruptamente com a chegada do coronavírus, no início de 2020.

A vacina, ou imunização, está entre as grandes descobertas da medicina e, graças a este tipo de procedimento, é possível prevenir doenças e até erradicá-las, como a varíola, cujo último caso no país ocorreu em 1971 e no mundo em 1977. O Brasil conta com um dos mais completos programas de imunização do mundo criado em 1973 com grande cobertura de população vacinada e de vacinas oferecidas.

De acordo com a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Adriana Izuka, é muito importante aproveitar a data para falar de imunização. “Ainda mais agora que a gente está falando sobre vacina contra a covid. Mas é importante não esquecer que tem um programa de imunização no país”, disse.

Adriana lembra que, desde a década de 1970, o país tem um calendário vacinal para crianças, adolescentes, adultos e gestantes. “Não podemos esquecer que essas outras da rotina, precisa manter em dia”. O alerta leva em conta a queda na cobertura de outros imunizantes, especialmente das crianças.

AMPLA COBERTURA

O PNI (Programa Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde, oferece gratuitamente para todas as crianças vacinas contra mais de 10 tipos de infecções.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que três milhões de vidas são salvas todos os anos com a vacinação.

VACINA CONTRA A COVID-19

Sobre a covid-19, a secretária lembra que Foz do Iguaçu conseguiu avançar na imunização, chegando até 53 anos do público em geral e com 109.178 doses aplicadas até esta terça-feira (08).

(Da Redação com AMN)

leave a reply