Tecnologia: BMW GROUP E AWS LANÇAM DESAFIO DA COMPUTAÇÃO QUÂNTICA

Desafio lançado pelo BMW Group busca promover inovação coletiva e soluções para desafios industriais da computação quântica.

Pesquisadores, startups e empresas pioneiras da comunidade global de computação quântica poderão propor soluções para desafios industriais específicos no Desafio de Computação Quântica do BMW Group, anunciou a companhia nesta segunda-feira (19). Realizado em colaboração com a Amazon Web Services (AWS), o desafio incentiva os participantes a criar algoritmos quânticos e testar soluções em tecnologias reais de computação quântica.

Essas inovações têm potencial para resolver problemas desafiadores do setor automotivo, incluindootimizações complexas, pesquisas de materiais e – na forma de aprendizado de máquina quântica – condução automatizada.

“O panorama tecnológico no campo da computação quântica está apenas começando a tomar forma. Diferentes empresas e institutos de pesquisa estão adotando uma variedade de abordagens. Ao lançarmos nossa iniciativa de inovação coletiva, esperamos explorar um poder inovador adicional que estaria além do alcance de uma concorrência padrão”, disse Peter Lehnert, vice-presidente do BMW Group Research, New Technologies

BMW Group identificou mais de 50 desafios em vários estágios da cadeia de valor, para a qual a computação quântica poderá fornecer um benefício potencial no futuro. O Desafio de Computação Quântica focará em quatro desafios específicos onde a tecnologia tem vantagem em comparação com os métodos de computação clássicos:

As inscrições já estão abertas. O prazo para a apresentação das soluções é 24 de setembro de 2021, após o qual serão examinadas e julgadas por um painel de especialistas. Um evento final acontecerá em dezembro, no qual os melhores participantes terão a oportunidade de apresentar suas soluções para o painel de jurados especialistas. Os vencedores ganharão o BMW Group como cliente e estarão envolvidos na implementação dos respectivos projetos-piloto.

A AWS fornecerá créditos para que os participantes usem o Amazon Braket para incentivar o desenvolvimento e o teste dos algoritmos quânticos enviados. Através dele, participantes terão um ambiente de desenvolvimento para explorarem e construírem algoritmos quânticos, testando-os em simuladores de circuitos quânticos e executando-os em uma variedade de tecnologias de hardware quântico.

 

(Da Redação com ComputerWorld)

leave a reply