Brasil: MASSA POLAR TRARÁ FRIO E GEADA NA PRÓXIMA SEMANA

Centro-Oeste e Sudeste devem reviver invernos rigorosos das décadas de 1960 a 1980, projetam especialistas.

O frio intenso chegará antes do inverno à metade dos estados brasileiros, já nos próximos dias. A previsão da segunda quinzena de maio para estados do Centro-Oeste e do Sudeste é de temperaturas abaixo dos 10°C.

Estados como Mato Grosso e Goiás devem ter geada, o que traz risco de danos às safras de milho e café, por exemplo. Também deve gear em estados do Sul e do Sudeste.

A massa de ar polar que atingirá o país já neste sábado (14) trará temperaturas próximas ou abaixo de zero em diversas cidades do país, algo atípico para parte do Brasil em um mês de maio.

As ondas de frio de março e abril, bem como essa prevista para a próxima semana, são um indicativo de que as futuras ondas devem também ser fortes, destaca Franco Nadal Villela, meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Vilella explica que as temperaturas se assemelham àquelas dos invernos rigorosos entre os anos 1960 e 1980.

Geada no Vale do Caminhos da Neve em 9 de maio, a 3km do centro de São Joaquim, em Santa Catarina
Geada no Vale do Caminhos da Neve em 9 de maio, a 3 km do centro de São Joaquim, em Santa Catarina  (Foto: Mycchel Legnaghi)

No estado de São Paulo, as menores mínimas devem aparecer a partir da próxima quarta (18), podendo chegar a ficar abaixo de zero em cidades como Rancharia, no sudoeste paulista, e Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira. Já na capital paulista, as mínimas ficam entre 7°C e 9°C, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo). Choverá na capital já na noite de sábado, e a precipitação seguirá madrugada de domingo (15) adentro.

Adilson Nazario, técnico em meteorologia do CGE, afirma que a cidade de São Paulo “com certeza terá seu recorde de temperatura mínima do ano”. Até o momento, a temperatura mais baixa registrada na cidade em 2022 foi de 12,4°C, no dia 5 de maio, quando a máxima que não passou de 18,5°C.

Uma situação similar deve se repetir na próxima semana para os paulistanos, diz Nazario. As máximas não devem ultrapassar os 19°C nas datas mais frias.

Em Minas Gerais deve gear nas regiões sul, oeste e central. Há chance de geada inclusive na capital, Belo Horizonte, onde as mínimas devem ficar entre 6°C e 9°C.

Os estados que devem trazer as menores mínimas são Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, além do Distrito Federal.

No Centro-Oeste, o frio chegará com força na terça (17), trazendo madrugadas geladas. De acordo com o serviço de meteorologia Metsul, Mato Grosso do Sul deve sentir com mais intensidade a temperatura gélida.

(Com Folhapress)

leave a reply