Segurança: PRF PR APREENDE 1,2 TONELADA DE DROGAS E PRENDE 38 PESSOAS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Paraná não registrou ocorrências relacionadas a crimes eleitorais no fim de semana, no entanto, foram feitos diversos flagrantes por outros tipos criminais nas rodovias federais do Estado. 

Entre o sábado (01) e o domingo (02) foram apreendidas 1,2 tonelada de drogas (maconha e skunk) e presas 38 pessoas por tráfico de drogas, roubo de veículos e crimes de trânsito. 

Três apreensões ocorreram na madrugada de sábado. Na BR-369, em Cornélio Procópio, foram localizados 758 quilos de maconha em uma caminhonete roubada. Já na BR-487, em Alto Paraíso, foram apreendidos 127 quilos de maconha e 10 quilos de skunk, em um automóvel. Na BR-277, em Peabiru, foram apreendidos 140 quilos de maconha em um automóvel. 

No domingo de eleições, 182 quilos de maconha e 157 quilos de skunk foram apreendidos em um automóvel na BR-277, em Guarapuava. O carro era transportado em um caminhão-guincho. O motorista disse que não sabia a respeito da droga. O responsável pelo carro foi preso. 

Em relação às prisões por crimes de trânsito, a maioria dos casos foi por embriaguez ou uso de substância psicoativa ao volante e violar a suspensão do direito de dirigir.

Operação Eleições

Com reforço no policiamento, a PRF atuou na Operação Eleições desde o dia 28 de setembro. A instituição esteve focada em garantir a livre circulação nas rodovias federais e promover a segurança nos locais de votação próximos à rodovia federal, no combate aos crimes eleitorais e na defesa da democracia. 

A ação foi realizada em conjunto com as demais forças de Segurança Pública do Paraná e acompanhada, em tempo real, a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), em Curitiba. Toda a atividade é coordenada pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), em Brasília.

Em todo o Paraná, mais de 7 mil agentes da segurança pública, com viaturas, aeronaves e embarcações, foram mobilizados para garantir a segurança dos paranaenses.

leave a reply