Trazendo a expertise que fez dela um dos maiores, mais conhecidos e frequentados endereços de compras dos turistas brasileiros em Ciudad del Este, a Cell Shop inaugurou nesta quinta-feira (8) a segunda loja duty free de Foz do Iguaçu.

O investimento é fruto da legislação que liberou a partir de 2012 a instalação das chamadas “lojas francas”, ou seja, livres de impostos para a venda de mercadorias importadas (até o limite de 300 dólares) em municípios caracterizados como “gêmeos” de cidades estrangeiras nas fronteiras físicas do Brasil.

Ocupando uma área de 2.400 m² no shopping Catuaí Palladium, espaço que lhe garante o título de maior duty free shop terrestre do país, a loja está dividida em 14 departamentos que oferecem extensa variedade de eletrônicos, perfumes, bebidas, alimentos, artigos de beleza, acessórios, roupas de renomadas grifes, brinquedos e tabacaria, entre muitos outros produtos.

Empresário Jorbel Griebeler, dono da Cell Shop 

Obviamente, a novidade não está sendo vista com bons olhos pelo shopping duty free da vizinha Puerto Iguazú, na Argentina, e pelo vasto e tradicional comércio similar do lado paraguaio, que já contabilizam a perda de um considerável naco de seu faturamento para o concorrente.

E o pior, para eles, é que existem novos empreendimentos do gênero a caminho, um dos quais projetado para o Aeroporto Internacional de Foz.

A propósito, uma coisa que pouca gente sabe: o dono da Cell Shop é um jovem empresário brasileiro, o paranaense Jorbel Griebeler, que tem uma bela história de vida, marcada por muito trabalho, exemplos inspiradores de superação, resiliência e notável espírito empreendedor.

Merece estar aonde chegou.

(Leia e compartilhe outras postagens acessando o site: caiogottlieb.jor.br)

By admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *