Itaipu: BOLSONARO CONFIRMADO EM FOZ, NA TROCA DE COMANDO DA DIRETORIA-GERAL BRASILEIRA DE ITAIPU NESTA QUARTA (7)

Presidente Jair Bolsonaro está com presença confirmada na Terra das Cataratas para passagem de comando da diretoria-geral brasileira de Itaipu, do General Joaquim Silva e Luna para o Gal. João Francisco Ferreira. Bolsonaro também participa da entrega das obras de ampliação da pista do aeroporto de Foz do Iguaçu, que será leiloado hoje para privatização.

O general Ferreira será o 13º diretor-geral brasileiro em 14 gestões da Diretoria-Geral Brasileira, já que Euclides Scalco assumiu o posto por duas vezes consecutivas, entre 1995 e 2002.

General Ferreira em visita à Itaipu. Foto: Rubens Fraulini

A transmissão de cargo será no Cineteatro dos Barrageiros, dentro de Itaipu. O local simboliza o espírito da usina erguida por milhares de operários brasileiros e paraguaios, que no jargão da área de engenharia são conhecidos como barrageiros. O nome de Ferreira foi anunciado pelo presidente Bolsonaro em 29 de fevereiro, quando indicou Silva e Luna para a Petrobras.

PRESTIGIO

A vinda de Bolsonaro a Foz do Iguaçu, para a transmissão de cargo de Itaipu e para a inauguração das obras no aeroporto, boa parte delas financiadas pela binacional, é um sinal do prestígio do general Silva e Luna. Durante seu mandato, é a sexta visita de Bolsonaro a Foz do Iguaçu e a nona ao Paraná (o que demonstra também o prestígio do governador Ratinho Jr. junto ao presidente).

Bolsonaro esteve presente na posse de Silva e Luna, em 2019. Foto: Alexandre Marchetti

Nenhum outro presidente apoiou tanto o Paraná como o atual. Graças a isso, foi possível viabilizar parcerias da Itaipu Binacional com o Governo do Estado, garantindo investimentos de R$ 2,5 bilhões em obras fundamentais para o desenvolvimento do Paraná.

Esses R$ 2,5 bilhões são resultado de uma reestruturação feita na gestão Silva e Luna, que reduziu os custos internos da usina, redirecionou verbas de convênios e obras sem aderência à missão e estudou a melhor forma de investir o dinheiro economizado, optando por obras estruturantes, que geraram mais de 2,5 mil empregos diretos e indiretos. Não seria possível simplesmente reduzir o custo da tarifa de Itaipu, porque isso não dependeria apenas dele, mas também do governo paraguaio, que tem na usina a salvaguarda para obras que não conseguiria executar com recursos do orçamento próprio.

 

AEROPORTO DE FOZ DO IGUAÇU, QUE SERÁ LEILOADO HOJE (07) PARA PRIVATIZAÇÃO

Em apenas 3 dias, Ministério da Infraestrutura pretende assegurar um montante superior ao orçamento da pasta para um ano inteiro. 

O governo federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, vai realizar uma série de leilões para conceder à iniciativa privada 28 ativos de infraestrutura, entre aeroportos, terminais portuários e uma ferrovia. Dentre hoje está o leilão de hoje, quarta-feira (7) está o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

A expectativa é que os certames, que ocorrerão na B3, a bolsa de valores de São Paulo, injetem mais de R$ 10 bilhões em investimentos no Brasil. Em apenas 3 dias, o ministério pretende assegurar um montante superior ao orçamento da Pasta para um ano inteiro – em torno de R$ 7 bilhões.

Segundo o ministério, essas concessões vão gerar mais de 200 mil empregos, de forma direta, indireta e efeito-renda, ao longo dos contratos de arrendamento e concessões. “No dia 7 de abril teremos o leilão de 22 aeroportos. É a mesma quantidade do que em todas as rodadas anteriores que já fizemos. De uma só vez. No dia 8 de abril a gente faz a Ferrovia de Integração Oeste-Leste. No dia 9, fazemos 5 terminais portuários”, explica o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

(Da Redação com JIE)

1 Comentário em "Itaipu: BOLSONARO CONFIRMADO EM FOZ, NA TROCA DE COMANDO DA DIRETORIA-GERAL BRASILEIRA DE ITAIPU NESTA QUARTA (7)"

  1. Temos q lutar para melhor

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.


*


%d blogueiros gostam disto: